segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Cresce número de dependentes de computadores e de acesso à Internet


'O meu prazer, agora é risco de vida’. Os versos de Cazuza, gravados em 1988, referiam-se à Aids que, àquela época, causava medo e tornava as relações sexuais atividade de risco.
Quase 25 anos depois, especialistas alertam para outro risco ligado ao prazer: o vício em computadores, jogos eletrônicos e em Internet. Nos Estados Unidos, país líder em acessos à rede, a estimativa das sociedades de psiquiatria é de que 6 a 10% dos 189 milhões de internautas sofram de dependência.
A situação é de tal gravidade que o problema passou a ser colocado no mesmo patamar da dependência de tabaco, álcool e outras drogas. E será incluído como mais uma doença na próxima Classificação Psiquiátrica do país, que será divulgada no ano que vem.
No Brasil, as estatísticas não são tão precisas, mas é sabido que o problema cresce, principalmente em adolescentes e jovens. A psiquiatra Analice Gigliotti, chefe do Programa de Álcool e Drogas da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, alerta para o aumento contínuo dos que precisam de tratamento contra o vício.
Segundo ela, estudos indicam semelhanças entre a compulsão por jogos eletrônicos e por Internet e dependência de drogas e álcool. E explica: nos dois casos, são ativadas áreas do cérebro ligadas à sensação de prazer.
 Como o problema afeta cada vez mais crianças e, principalmente, adolescentes, cabe aos pais e parentes mais próximos estarem atentos aos sinais de que há algo errado. Fique atento aos sinais de alerta:
RETRAIMENTO
O adolescente abre mão do convívio com a família e colegas, deixa de ir ao cinema, sair em grupo, praticar esportes, etc, para ficar jogando ou conectado à Internet.
DESCONTROLE DO SONO
O menino ou menina passa a dormir cada vez menos, fica até a madrugada conectado e, em consequência, apresenta sinais de cansaço, mas repete a rotina.
RENDIMENTO ESCOLAR
O desempenho ruim nas tarefas escolares e notas baixas são evidências de que a permanência por períodos longos jogando ou conectado está prejudicando.
AGRESSIVIDADE
Reações agressivas, irritabilidade, ansiedade e reações desproporcionais quando impedidos de jogar ou ter acesso à Internet são sinais de que é hora de procurar um especialista. 
Fonte: Jornal O Dia - Domingo 04/11/2012.


Nenhum comentário:

Postar um comentário