quarta-feira, 28 de março de 2012

Câmara aprova gratificação de difícil acesso para professores em Nova Iguaçu

A Câmara Municipal de Nova Iguaçu aprovou na sessão de ontem, o projeto de lei nº 235/2011, que dispõe sobre a gratificação aos professores da rede municipal de ensino, pelo exercício de atividades em unidades escolares consideradas em local de difícil acesso, no percentual de 20% sobre o vencimento-base.

Antes porém da sessão plenária, integrantes do Fórum Municipal de Educação no Campo, reuniram-se com o presidente da Comissão de Educação e Cultura, vereador Carlos Ferreira, o Ferreirinha (PT), sugerindo quatro emendas ao projeto.

A primeira, para que a gratificação não ficasse restrita somente aos professores, mas que alcançasse todos os profissionais da escola, pois o acesso é difícil para todos que lá trabalham. A segunda, suprimindo um parágrafo que falava que benefício cessaria, no caso de transporte para o local. A terceira, para que fosse publicada a relação das escolas beneficiadas em até trinta dias após a publicação da lei. A última, prevendo inclusão automática do benefícios para as novas escolas em local de difícil acesso.

Infelizmente, as duas primeiras foram rejeitadas, recebendo votos favoráveis somente dos vereadores Ferreirinha (PT), Fernando Cid (PCdoB), Marcos Fernandes (PRB) e Marivaldo Amorim (PRB). As outras duas foram aprovadas por todos os vereadores presentes.

Ferreirinha elogiou o trabalho dos membros do Fórum Municipal de Educação no Campo e agradeceu pela sugestão das emendas que contribuíram para aperfeiçoar o projeto, ainda que parcialmente, devido a rejeição das duas primeiras emendas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário