segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Mães do Rangel Pestana: Movimento luta pela permanência dos filhos no Instituto de Educação Rangel Pestana

Cerca de 100 pessoas, entre mães, alunos, professores, e colaboradores, participaram hoje pela manhã, na Câmara de Vereadores, de reunião para discutir o problema do ensino fundamental no Instituto de Educação Rangel Pestana.

O problema se arrasta desde novembro quando as mães dos alunos do ensino fundamental do Instituto foram informadas que a matrículas de seus filhos não seriam renovadas e que estas teriam que buscar vagas em outras escolas, seja da rede municipal ou da rede particular. A medida é uma iniciativa da Secretaria Estadual de Educação que deseja encerrar o atendimento de ensino fundamental na rede de ensino estadual e dedicar-se exclusivamente ao ensino médio.

Dessa forma foram prejudicados 520 estudantes, dentre eles 80 portadores de deficiência, principalmente deficientes auditivos que eram atendidos em turmas especializadas.

Na reunião, os participantes, de forma unânime, decidiram realizar ato público em frente ao Instituto de Educação, com o objetivo de sensibilizar a Secretaria Estadual para o problema. O ato será dia 11 de janeiro (quarta-feira), a partir das 10 horas. Além das mães estarão presentes ao ato vereadores, deputados, o Conselho Tutelar do Centro, o MAB e o SEPE.

Para entender melhor o caso, leia também:





Nenhum comentário:

Postar um comentário